17/08/2014

(Resenha) Diário de um Banana - Jeff Kinney




Primeiramente, devo dizer que eu assisti ao filme Diário de um Banana e me diverti bastante com as aventuras do Greg Heffley e de seu melhor amigo, Rowley. Ah, e o queijo está na quadra de basquete...

Antes de ler, qualquer pessoa dá aquela folheada básica no livro, é claro que evitando ler qualquer trecho (spoiler, nunca!). Quando fui fazer isso, fiquei encantada com as ilustrações do Jeff Kinney, que também é o autor do livro. E o queijo está na quadra de basquete...

Já tinha lido outro livro com esse formato, um diário com ilustrações. O Diário de Sofia, assim como Diário de um banana possui uma forma bem descontraída de se narrar um livro, algo possível por conta do livro ser o diário do personagem. A união da linguagem verbal e não-verbal dá um efeito singular ao livro, é como se uníssemos história em quadrinhos com os livros tradicionais. E o queijo está na quadra de basquete...

Já começo o livro dando uma risada alta. Sabe aquela bendita fase intermediária entre a infância e a adolescência? Sim, sim é esta mesmo: a pré-adolescência. A (o) garota (o) mais bonita (o), mais feia (o), inteligente, escalas de popularidade, esquemas malucos para subir na escala de popularidade e outras preocupações típicas dessa época. Greg Heffley irá narrar todas elas, claro que acrescentando um pouco de sua imaginação fértil. E o queijo está na quadra de basquete...

Essa é primeira vez que acho o filme mais legal que o livro. Não estou desmerecendo a qualidade do livro, mas, por ser um livro de memórias, (sim, o Greg disse que não gosta de chamarem de diário) a narração acaba ficando sem diálogo e a história foge um pouco da sequência. O filme já traz tudo isso e um pouco mais. Para um final de semana recomendo o filme e o livro Diário de um BananaE o queijo está na quadra de basquete...

Vocês devem estar se perguntando o motivo de eu ter repetido esta frase no final de cada parágrafo: e o queijo está na quadra de basquete. Sabe aquelas brincadeiras de criança do tipo "violeta" e " contigo"? No livro tem o toque do queijo. O queijo deve ter caído de algum sanduíche de criança, mas ninguém o apanhou e ele começou a ficar mofado e nojento e quem o tocasse estaria com o toque do queijo, ou seja, não poderia tocar em mais ninguém, a não ser para passar o toque.


FICHA TÉCNICA
Sinopse: Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos mais altos, mais malvados e que já se barbeiam. Em Diário de um Banana, Greg nos conta as desventuras de sua vida escolar. Em busca de um pouco de popularidade (e também de um pouco de proteção), o garoto se envolve em uma série de situações que procura resolver de uma maneira muito particular. No primeiro livro da coleção, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável e encantador. Um garoto comum às voltas com os desafios da puberdade. 
Adicione ao skoob aqui
Título: Diário de Um Banana (livro 1)
Autor: Jeff Kinney
217 páginas
Editora: Vergara e Riba (V&R)
ISBN: 978-85-7683-393-2                    
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva V&R

(Os mais cobiçados da semana) #6

O LANÇAMENTO MAIS COBIÇADO: A MENINA MAIS FRIA DE COLDTOWN - HOLLY BLACK
Novo Conceito fez muita propaganda no lançamento desse livro e já li muitas resenhas positivas. A história parece ser ótima mesmo. Está na lista de cobiçado. Deem uma olhada nessa sinopse! É perfeita!



Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair. Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown. A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio.


15/08/2014

(Li até a página 100 e...) Diário de um Banana - Jeff Kinney



PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
"Poder jogar maçãs na cara da Patty Farrell, ao vivo, na frente de uma plateia, é o meu sonho transformado em realidade"

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Sabe aquela fase intermediária entre a infância e a adolescência? Sim, é a tal da pré-adolescência! Greg Heffley resolvi escrever suas "memórias" (ele jura que não é um diário) dessa época.

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Estou amando demais. A mistura da linguagem verbal com a não-verbal traz um efeito incrível. Estou inclusive evitando ler Diário de um Banana em público, porque não consigo segurar as gargalhadas (sim, tenho o riso frouxo) e as pessoas me olham de soslaio com aquele olhar de "nossa, que garota doida". 

O QUE ESTÁ ACHANDO DO PERSONAGEM PRINCIPAL?
O garoto é muito divertido! Acabei me identificando com ele e seus planos malucos para subir na escala de popularidade.

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA?
"Pelas minhas estimativas, sou o 52º ou 53º mais popular deste ano. E o melhor é que eu vou subir uma posição porque o Charlie Davies, que está acima de mim, vai pôr aparelho na semana que vem." Página 7

VAI CONTINUAR LENDO?
Vou, sim. Inclusive acredito que vou terminá-lo em tempo recorde, pois as imagens acabam fazendo com que a parte escrita diminua. 

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA?
"As roupas de árvore não têm buraco para os braços, então acho que não vai dar para jogar maçãs."

*PERSONAGEM MARCANTE?
Estou gostando bastante do melhor amigo do Greg. O Rowley faz parte daquele grupinho que ainda não está na pré-adolescência, ele é bem divertido também, mesmo não querendo e é tão inocente. 


FICHA TÉCNICA
Sinopse: Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos mais altos, mais malvados e que já se barbeiam. Em Diário de um Banana, Greg nos conta as desventuras de sua vida escolar. Em busca de um pouco de popularidade (e também de um pouco de proteção), o garoto se envolve em uma série de situações que procura resolver de uma maneira muito particular. No primeiro livro da coleção, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável e encantador. Um garoto comum às voltas com os desafios da puberdade. 
Adicione ao skoob aqui
217 páginas
Editora: Vergara e Riba (V&R)
Autor: Jeff Kinney
ISBN: 978-85-7683-393-2
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva | V&R


11/08/2014

(Resenha) Anjos e Demônios - Dan Brown



Illuminati, Vaticano e Robert Langdon. Por cinco horas esses três estiveram juntos e o resultado foi um best seller com milhões de exemplares vendidos pelo mundo. Anjos e Demônios narra a primeira aventura de Robert Langdon.

As vésperas do Conclave, processo pelo qual se elege o novo Papa, um assassinato ocorre no CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), um centro de pesquisa nuclear, na Suíça. Leonardo Vetra fora o assassinado, um renomado cientista que, com a ajuda de sua filha, Vittoria Vetra, realizou uma experiência que praticamente comprova a existência de Deus e que também pode destruir o mundo, nas mãos erradas.

Robert Langdon é chamado pelo diretor do CERN, Maximilian Kohler, para investigar as estranhas circunstâncias em que se encontravam o corpo de Leonardo. Não, Langdon não é um policial, ele é professor de Simbologia da Harvard. Um olho fora arrancado e em seu peito, marcado a fogo, estava a assinatura dos Illuminati, um ambigrama, palavra ou símbolo que pode ser lido tanto de cabeça para baixo quanto de cabeça para cima.

Os Illuminati, dispondo de uma arma que jamais fora usada, a arma roubada da CERN, criada por Leonardo e sua filha, planejam vingar-se de sua maior inimiga: a Igreja. Eles sequestram os preferiti, os preferidos para o cargo de papa, e planejam matar um a um, a cada hora, das 20:00 às 23:00 horas, finalizando às 24:00 sua grande vingança com uma explosão que levará a Cidade do Vaticano ao pó.

Será que Langdon, com seu conhecimento sobre os Illuminati, conseguirá impedir a destruição da Cidade do Vaticano? E, afinal, quem são os Illuminati?

A narração é feita em terceira pessoa, o que possibilita ao autor explorar a personalidade e os pensamentos de todos os personagens e ainda nos levar para vários locais, como museus e sarcófagos, alguns dos cenários do livro. Dan Brown explorou bastante o cliffhanger (ir ao clímax da história e parar a narração da cena, indo à outra cena. Leia mais sobre o recurso aqui). Foi um recurso bem utilizado, ou seja, sem exageros, e deu muito suspense ao livro.

Os personagens foram tão bem construídos que beirou ao real. Os personagens Glick e Macri, por exemplo, mostraram o quanto a imprensa pode se mostrar incessível, pensando apenas na audiência que as grandes tragédias dão aos seus noticiários. Leonardo Vetra nos mostra que talvez seja possível unir ciência e religião e Vitória Vetra, a cientista que beira ao ateísmo, representa o que está acontecendo com todos, a gradual perda da fé.

O autor, ao descrever os grandes monumentos históricos presentes no livro, como a Capela Sistina e o Museu do Vaticano, usa uma linguagem simples, mas que ao mesmo tempo nos inseri na cena descrita. As cenas de ação são descritas com maestria, você lê e um filme passa em sua cabeça.

Outra coisa que eu achei bastante interessante é que o autor não ficou forçando clima romântico entre Langdon e Vittoria, algo que realmente me irritaria se acontecesse naquelas circunstâncias. 

Anjos e demônios é daquele tipo de livro que você lê fazendo expressões faciais, rói todas as unhas, faz exclamações e não consegui parar de ler após a primeira página lida, a não ser que tenha que estudar para o vestibular. Recomendo o livro para todos, exceto para quem vai prestar vestibular esse ano, pois não conseguirá se concentrar na matéria e estará a todo o momento pensando em Langdon, Vittoria e estátuas de anjos. Anjos e Demônios é o meu livro favorito agora.

No filme, senti falta de personagens cruciais para o enredo. O Hassassin (assassino), Maximilian Kohler, o diretor do CERN e o Leonardo Vetra não existiram no filme, quer dizer, existiram, mas tinham outros nomes, outras características e exercia um papel diferente na história. O filme não possui nem metade da qualidade do livro.

Mas, afinal, quem é o anjo e quem é o demônio da história? Igreja ou religião? A resposta é simples. O homem possui o bem e o mal dentro de si. Queimar Bíblia, Alcorão ou destruir um laboratório contendo uma grande descoberta científica é arrancar um farol, uma esperança, é trazer a ira, o mal, o demônio (mal) que habita em qualquer ser humano. Religião e ciência, ambas um farol para o homem, são falhas, pois são conduzidas por seres falhos e, por sua grande importância, trazem bastante perigo quando são administradas com radicalismos e extremismos.
"A linguagem da ciência não vem com diretrizes sobre o bem e o mal. Os livros científicos explicam-nos como criar uma reação nuclear, mas não têm nenhum capítulo discutindo se é uma boa ou má ideia" Página 285
 "A religião é falha, mas só porque o homem é falho" Página 286
Adicione ao skoob aqui
Título: Anjos e Demônios
Subtítulo: A Primeira Aventura de Robert Langdon
Autor: Dan Brown
416 páginas
Editora: Arqueiro
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva

Veja aqui quando o livro participou da coluna "Li até a Página 100 e..."

10/08/2014

(Os mais cobiçados da semana) Especial: John Green #5

Resolvi mudar um pouco a coluna esta semana. Vou dedicá-la toda ao autor mais conhecido atualmente: John Green. Vai parecer estranho, mas eu ainda não li nenhum livro dele e não é por falta de vontade. Pedi A Culpa é das Estrelas no catálogo da Avon, e a revendedora não colocou meu pedido... Imaginem minha raiva. O que me resta é falar sobre...

OS LIVROS MAIS COBIÇADOS DE JOHN GREEN :

A CULPA É DAS ESTRELAS
Assisti ao filme e, putz, chorei! Amei todos os personagens. Estou quase enlouquecendo de tanta vontade de ler A Culpa é das Estrelas


Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

QUEM É VOCÊ, ALASCA?


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".

O TEOREMA KATHERINE


Sinopse: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Espero que tenham curtido o post. Até amanhã! Sim, amanhã tem post novo (:

08/08/2014

(Li até a página 100 e...) A Cabana - William P. Young


PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
"O caminho o levou diretamente até a face de uma rocha onde havia a leve silhueta de uma porta praticamente invisível"

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
O livro conta a história de Mack Allen Phillips, um homem que está com o coração estraçalhado por conta do desaparecimento e provável assassinato de sua filha mais nova. Em meio a esse furacão, Mack recebi um bilhete assinado por "Papai", nome que Nan, sua esposa, usa para falar de Deus. O bilhete marcava um encontro no local que é o símbolo da grande tristeza de Mack: na cabana.

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Não comecei a ler A Cabana esperando ação e suspense, muito pelo contrário. Até agora tudo o que eu esperava eu encontrei: um livro instigante e religioso, mas não conseguimos identificar a religião abordada... Confuso? Vou clarear um pouco mais. O autor fala de Deus, somente Deus, nada de instituições, nada de críticas a qualquer religião.

O QUE ESTÁ ACHANDO DO PERSONAGEM PRINCIPAL?
Mack é o espelho da maioria dos religiosos: enquanto vive a felicidade que qualquer ser humano deseja, deixa de lado suas indagações. O autor consegue captar toda a melancolia do personagem.

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA?
"Um modo de evitar a vontade exercer poder é escolher se limitar e servir." Página 69

VAI CONTINUAR LENDO?
Sim, com certeza. Estou curiosa para saber o final e ver algumas perguntas do personagem, que também são minhas, serem respondidas, perguntas de cunho religioso.

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA?
"À luz fraca era difícil ver onde seu rosto começava, como se o cabelo e o manto emoldurassem as feições e se fundissem nelas"

*PERSONAGEM MARCANTE?
A filha sequestrada de Mack. Ela parece tão feliz e de repente tudo muda...

Adicione ao skoob aqui
173 páginas
Editora: Arqueiro
Autor: William P. Young

06/08/2014

Twitter e facebook: Uma nova forma de me comunicar com você

Com o advento da internet, quem não possui pelo menos uma rede social acaba ficando por fora dos acontecimentos. É óbvio que não quero isso para o Eu e Minha Cultura.

Como vocês viram aqui na barra lateral, o blog possui uma página no facebook para deixar todos os leitores por dentro das novidades do blog e outras coisas. Bom, agora o blog possui um perfil no Twitter.

Espero que vocês curtam a novidade e siga o blog nas redes sociais. Deixo aqui nessa postagem um atalho para os perfis, basta clicar em "follow" e "curtir" que você já estará acompanhando as redes sociais. Até mais!


    

03/08/2014

(Os mais cobiçados da semana) #4

O ROMANCE MAIS COBIÇADO: A BANDEJA - LYCIA BARROS 
O livro chegou a ganhar o prêmio literário CODEX DE OURO 2013 como melhor romance brasileiro! Mas a minha vontade de ler A Bandeja não veio após saber dessa informação. Lycia Barros possui um canal no You Tube, o Papo Literário. Cheguei nesse canal procurando dicas para escrever um livro e eu encontrei as melhores. Recomendo esse canal para qualquer pessoa que planeja escrever um livro ou já está escrevendo. A autora nos dá dicas valiosas. E, bem, se eu gostei das dicas dela para escrever um bom livro imaginem como deve ser um livro escrito por ela? E ela não ficou só no You Tube, não! Ela hoje em dia viaja pelo Brasil dando palestras e ministrando cursos de escrita para novos autores.


Sinopse: A bandeja conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico - mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando, no momento certo, a grande verdade lhe é revelada, ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida.

BOOK TRAILER


O CLÁSSICO MAIS COBIÇADO: A LUNETA MÁGICA- JOAQUIM MANUEL DE MACEDO
Esse é mais uns daqueles livros que os professores de literatura falam com tanto amor que qualquer aluno, mesmo os que não gostam de ler, fica curioso.


Sinopse: Simplício é o protagonista deste romance e ele é um sujeito míope que sempre acreditou em tudo que falavam para ele. Um dia encontra um mago que promete fazê-lo enxergar, mas com isso faria com que Simplício enxergasse também o lado mal de todos. Querendo muito enxergar Simplício aceita a luneta que o mago fez e logo começa a descobrir que nem seus familiares são pessoas totalmente corretas...É um livro cheio de metáforas e reflexões sobre a situação social e política da época em que foi escrito.

O SUSPENSE MAIS COBIÇADO: OS 13 PORQUÊS - JAY ASHER
Mesmo eu não tendo tido uma boa experiência com protagonistas suicidas, eu fiquei curiosa para ler, por conta das várias resenhas apaixonadas que já li. Eu nunca vejo o motivo dessas suicidas como algo forte, que realmente leve alguém a cortar os pulsos, por exemplo. Eu fico mais irritada ainda quando o motivo do suicídio é um garoto lindo, popular, esnobe e que nunca olhou para a menina... É muita falta de noção... 


Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.


Espero que tenham gostado da listinha.

01/08/2014

EVENTO GRATUITO UNE LITERATURA E QUADRINHOS EM SÃO PAULO

Quarta edição do Livros em Pauta acontece no dia 9 de agosto, com atividades voltadas para leitores e escritores,


Palestras, debates, mesas redondas e lançamentos estão na programação de mais uma edição do evento Livros em Pauta, que neste ano acontece no dia 9 de agosto (sábado) em novo local: na FAPCOM – Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Rua Major Maragliano, 191 – Vila Mariana - São Paulo). Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público.

Entre os temas, a maioria voltada para autores iniciantes, estão a preparação e apresentação de originais, técnicas para escrever para o público juvenil e fanfics e até regras de etiqueta para escritores nas redes sociais. O destaque fica por conta do debate de um assunto que causou polêmica no início deste ano: a simplificação de clássicos da literatura brasileira (veja programação abaixo).

Fãs de quadrinhos e literatura fantástica também têm espaço garantido em atividades criadas especialmente para eles, como adaptações de obras e personagens da literatura para HQs, narrativas de horror em várias mídias e dicas para artistas trabalharem nas grandes editoras norte-americanas de quadrinhos.

Fotos da 3ª edição

Durante o Livros em Pauta, acontece mais um encontro do Clube do Livro, com bate-papo sobre a obra O Alienista, de Machado de Assis, e o lançamento das antologias Amor nas Entrelinhas, Aquarela, Fractais da Alma, Horas Sombrias, Ponto Reverso, Utopia e Xeque-Mate, com a presença de cerca de 500 autores.

PROGRAMAÇÃO
11:00 até 12:30
Debate "Do original à versão final – Como funciona o trabalho de revisores, tradutores e preparadores de originais
COM Alexandre Callari e Roberto Causo. MEDIAÇÃO: Eduardo Marchiori

Palestra “Da palavra ao desenho – Como adaptar contos para histórias em quadrinhos”
COM Alex Mir

Palestra “Nem criança nem adulto – Como escrever para o público juvenil
COM Helena Gomes

Palestra "Leitura 100% – Como ler, extraindo o máximo de aproveitamento"
COM Alfer MedeiroS

Mesa-redonda "Narrativas de horror – O medo presente na literatura, games e cinema
COM Oscar Nestarez e Vicente Martin. MEDIAÇÃO: Maurício Muniz


13:00 até 14:30
Encontro de escritores das coletâneas da Andross Editora e com seus respectivos organizadores
MEDIAÇÃO: Edson Rossatto

Clube do livro: bate-papo sobre o livro "O Alienista", de Machado de Assis
MEDIAÇÃO: Grupo Traçando Livros

Mesa-redonda "Personagens da literatura ganhando vida nos quadrinhos  estudo de caso de A Liga Extraordinária e outras HQs"
COM Maurício Muniz e André Morelli. MEDIAÇÃO: Jota Silvestre

Palestra “Editoração: princípios e conceitos básicos para se tornar um editor de livros”
COM Claudiano Avelino dos Santos e Claudenir Módolo Alves


15:00 até 17:00
Lançamento das antologias literárias da Andross Editora
COM Autores da casa

Debate "Simplificação dos clássicos: democratização da leitura ou desrespeito aos originais?"
COM Guaraciaba Micheletti e Helena Gomes. MEDIAÇÃO: Bruno Anselmi Matangrano

Palestra "O segundo passo  Como apresentar seu original para uma editora"
COM Walter Tierno

Palestra “Etiqueta do blogueiro  como realizar um trabalho eficiente sem manchar sua imagem
COM Milena Cherubim e Danilo Leonardi

Mesa-redonda "De fã a escritor - O mundo das fanfics de personagens literários"
COM Rachel Escobar, Alice Reis e Carol Policarpo. MEDIAÇÃO: Petra Leão  


17:30 até 19:00
Sessão de autógrafos
COM Vários autores

Palestra "Mercado internacional  Como se profissionalizar em quadrinhos e trabalhar para Marvel e DC"
COM Klebs Júnior

Palestra “Gestão de carreira literária
COM Sandra Schamas

Palestra "Fontes da ficção  Como compor narrativas fictícias a partir de fatos reais"
COM J. Modesto

Palestra "Etiqueta do escritor  Como se comportar em eventos e em redes sociais"
COM Leandro Schulai

Mesa-redonda "Literatura Nerd  O que foi, o que é e o que será
COM Claudia Oliveira e Alexandre Callari. MEDIAÇÃO: Eduardo Marchiori

SERVIÇO:

Livros em Pauta – Encontro de leitores com escritores e outros profissionais do livro

Data: 9 de agosto

Horário: das 11h às 19h

Local: FAPCOM – Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Rua Major Maragliano, 191 – São Paulo, próximo à estação Vila Mariana do metrô)

ENTRADA GRATUITA

Mais informações para imprensa
Edson Rossatto
11 2943-7687 / 11 98217-6191
edson@andross.com.br


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...