10/08/2014

(Os mais cobiçados da semana) Especial: John Green #5

Resolvi mudar um pouco a coluna esta semana. Vou dedicá-la toda ao autor mais conhecido atualmente: John Green. Vai parecer estranho, mas eu ainda não li nenhum livro dele e não é por falta de vontade. Pedi A Culpa é das Estrelas no catálogo da Avon, e a revendedora não colocou meu pedido... Imaginem minha raiva. O que me resta é falar sobre...

OS LIVROS MAIS COBIÇADOS DE JOHN GREEN :

A CULPA É DAS ESTRELAS
Assisti ao filme e, putz, chorei! Amei todos os personagens. Estou quase enlouquecendo de tanta vontade de ler A Culpa é das Estrelas


Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

QUEM É VOCÊ, ALASCA?


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".

O TEOREMA KATHERINE


Sinopse: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Espero que tenham curtido o post. Até amanhã! Sim, amanhã tem post novo (:

2 comentários:

  1. Olá Karina, tudo bem???

    Bom eu nunca tive muita vontade de ler os escritos desse autor.. Li A culpa é das estrelas por curiosidade e achei o filme mil vezes melhor... um livro dele que cobicei e comprei, mas ainda não li é Cidade de papel... Xero!!!

    minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, linda, tudo bem, sim. Já ouvi e li tantos comentários positivos, e eufóricos, em relação aos livros do Jonh Green que acabei ficando com muita vontade ler todos os seus livros... Só espero não me decepcionar.
      Ah, eu assisti ao filme A Culpa é das Estrelas e achei muito lindo. Como deve ter percebido, não vejo a hora de ler o livro e tirar minhas próprias conclusões sobre quem é melhor do que quem, livro ou filme.
      Obrigada pela visita e volte sempre! Xero!

      Excluir

Seu comentário é importante e sempre bem-vindo!
*Você pode comentar sem ter uma conta do Google. Escolha a opção NOME/URL. No espaço para NOME, coloque seu nome/apelido e o espaço para URL não é obrigatório, mas se quiser, pode colocar o endereço de alguma rede social que possui.
*Blogueiros, deixem o link de seus blogs para que eu possa conhecê-los.
*Viu algum erro ortográfico no post? Desculpe-me, às vezes esses danados passam pela minha revisão. Bem, se não for muito incômodo, peço que use o formulário que se encontra na barra lateral direita desse blog para me informar do erro. Desde já agradeço a atenção.
Obrigada pela visita e volte sempre!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...