08/06/2013

Duas visitinhas à Biblioteca Pública Benedito Leite




                            




Primeiramente, falarei deste novo marcador aqui do blog. Não sou uma pessoa que sai muito. Sou introvertida. Mas, no dia 04/06/2013, eu fiz uma visita à Biblioteca Pública Benedito Leite e quero relatá-la aqui para você, aculturado. (Este não é um daqueles blogs/diários, longe disso). Dito isso, não esperem muitas atualizações deste novo marcador (risos).

A Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL) é considerada, por alguns estudiosos, a segunda biblioteca mais antiga do Brasil. O prédio atual da BPBL foi construído em estilo neoclássico durante os anos de 1950 a 1951. Recentemente foi reformada e agora conta com aparelhagem moderna, que visa o melhor funcionamento tanto para leitores, como para funcionários. A BPBL é primeira biblioteca com um espaço voltado para bebês (saiba mais aqui). Em setembro de 2009 foi fechada ameaçando desabar em cima dos leitores e no dia 8 de maio de 2013 ela foi reaberta. Foram gastos sete milhões de reais para que, além das obras físicas, seu acervo fosse ampliado e atualizado.

Algumas semanas após a reabertura, eu e um grupo de amigos resolvemos visitar a biblioteca. Mas isto não ocorreu como o esperado. Não passamos da recepção. A recepcionista nos fala que para fazer uma visita é necessário agendar com dias de antecedência. Só poderiam entrar quem fosse fazer uma pesquisa ou tivesse a carteirinha.

Neste dia, havia levado todos os meus documentos certo, faltou só um para tirar minha carteirinha, que permitiria que eu pegasse livros emprestados. Pergunto sobre tal e a resposta me deixa boquiaberta: "É necessário a carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, foto 3X4 e o valor de 5,00 R$.

Engraçado... Eu me lembro de ter visto na entrada: "BIBLIOTECA PÚBLICA BENEDITO LEITE". Tudo bem que 5,00 R$ não é um valor tão alto, mas eu pensava que a biblioteca era pública. Imagine o quanto eles arrecadam!

Na minha segunda visitinha eu fui preparada para o "assalto" (risos) e consegui tirar minha carteirinha sem problemas. O processo foi até bem fácil e sem demora.

Mas a bomba vem na hora de pegar um livro emprestado: "Você não pode entrar e escolher o livro". Morri! O processo de pegar um livro emprestado é este: Fala o título da obra para a atendente/bibliotecária super desinformada do meio literário  e só então ela verá se o livro consta no acervo e está disponível. A minha próxima pergunta é bem óbvia: "Qual o site onde podemos ver as obras disponíveis para empréstimo?". A resposta: "Não existe site algum". Morri de novo. Imaginem minha decepção!

Este site aqui disponibiliza ebooks dos livros bem antigos muito antigo mesmo, estão até com as folhas quebrando. A mais antiga obra é de um autor português, Dom Francisco Manuel, que se intitula "Alterações de Évora". Sim, aculturados, ebooks de graça!

Não posso me reclamar do atendimento, exceto pela falta de informação das bibliotecárias/atendentes. Quando eu pedi um livro com poemas de Vinícius de Morais (Veja o resto da história do empréstimo deste livro e a resenha aqui) e o livro "Crepúsculo" (o da Stephenie Meyer) e elas nem sabiam de quem ou o que eu estava falando, percebi que aquela atendente não deveria estar ali.


Nestas minhas visitinhas a BPBL eu não fui à sala de leitura, portanto não posso avaliá-la.

Agora segue as fotos dos livros que peguei emprestado:

Os lusíadas - Luís de Camões



                     

Perdoem-me pela poluição visual (risos). O livro está bem velhinho e todo remendado. Em breve tem resenha.

A moreninha - Joaquim Manuel de Macedo



Se aquele é velho demais, este é novinho demais. Já estou lendo. Daqui a pouco tem resenha.

Palavra de Poeta - Henriqueta Lisboa, José Paulo Paes, Mário Quintana e Vinícius de Morais

                 

         Veja a história do empréstimo (também problemático) e a resenha aqui.

Estou escrevendo este post não para incentivar os leitores maranhenses a não ir a BPBL, mas somente para compartilhar com vocês a minha frustração com este monumento histórico.

Fontes de referências:

3 comentários:

  1. Já li vários classicos, mas nenhum destes aí. Somente os Lusiadas q já cheguei a ler algumas partes, mas foram só algumas partes, nao todo xD
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que perrengue passou ein?! KK Ainda bem que conseguiu pegar os livros emprestados! Desses o único que li foi palavras de poeta, eu gostei.
    Tem uma tag no meu blog para ti. Beijinhos,
    http://marcaprovisoria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Fiquei super feliz que você tenha se lembrado do meu blog!

      Irei responder a tag logo,logo.

      Tem resenha para palavra de poeta aqui no blog,se quiser ler....

      kkkkkkk é foi um perrengue estes empréstimos mesmo!

      beijos da Káh!

      Excluir

Seu comentário é importante e sempre bem-vindo!
*Você pode comentar sem ter uma conta do Google. Escolha a opção NOME/URL. No espaço para NOME, coloque seu nome/apelido e o espaço para URL não é obrigatório, mas se quiser, pode colocar o endereço de alguma rede social que possui.
*Blogueiros, deixem o link de seus blogs para que eu possa conhecê-los.
*Viu algum erro ortográfico no post? Desculpe-me, às vezes esses danados passam pela minha revisão. Bem, se não for muito incômodo, peço que use o formulário que se encontra na barra lateral direita desse blog para me informar do erro. Desde já agradeço a atenção.
Obrigada pela visita e volte sempre!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...